quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

OSCAR 2015 - OS INDICADOS

OSCAR 2015 - OS INDICADOS




A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood já anunciou a tão aguardada lista de filmes indicados ao Oscar 2015. "Birdman ou (A inesperada virtude da ignorância)" e "O grande hotel Budapeste" são os principais concorrentes, com nove indicações cada, incluindo melhor filme.
Na sequência, vem "O jogo da imitação", com oito indicações e "Boyhood: Da infância à juventude" disputando seis estatuetas. O evento da 87ª premiação que está previsto para a noite de 22 de fevereiro, terá a apresentação de Neil Patrick Harris, o hilário Barney, de "How I Met Your Mother". 
Dentre as principais categorias temos Steve Carell, mais conhecido por suas maravilhosas comédias, concorrendo ao prêmio de melhor ator pelo papel do sombrio John du Pont, de "Foxcatcher - Uma história que chocou o mundo", no qual surge quase irreconhecível, e demonstrando seu talento nesse drama instigante, e ao prêmio de melhor atriz destaca-se o talento da favorita Julianne Moore, como uma professora diagnosticada com o Mal de Alzheimer, no emocionante Para sempre Alice.
E como todo Oscar que se preze, não poderia faltar a diva Meryl Streep concorrendo em sua 19ª vez, agora como Melhor atriz coadjuvante, no papel de uma bruxa em "Caminhos da floresta".
 Teremos também o documentário brasileiro “Sal da terra” de Sebastião Salgado, disputando uma estatueta. Ficaremos na torcida.


...E os indicados são:

Melhor Filme
Sniper americano
"Birdman" ou (A inesperada virtude da ignorância)
Boyhood: Da infância à juventude
O grande hotel Budapeste
O jogo da imitação
Selma
A teoria de tudo
Whiplash


Os 8 filmes indicados

Melhor diretor
Alejandro Gonzáles Iñárritu - "Birdman"
Richard Linklater - "Boyhood"
Bennett Miller - "Foxcatcher: Uma história que chocou o mundo"
Wes Anderson - "O grande hotel Budapeste"
Morten Tyldum - "O jogo da imitação"

Melhor ator
Steve Carell - "Foxcatcher"
Bradley Cooper - "Sniper americano"
Benedict Cumbertatch - "O jogo da imitação"
Michael Keaton - "Birdman"
Eddie Redmayne - "A teoria de tudo"




Melhor ator coadjuvante
Robert Duvall - "O juiz"
Ethan Hawke - "Boyhood"
Edward Norton - "Birdman"
JK Simons - "Whiplash"

Mark Ruffalo - "Foxcatcher"



Melhor atriz
Marion Cotillard - "Dois dias, uma noite"
Felicity Jones - "A teoria de tudo"
Julianne Moore - "Para sempre Alice"
Rosamund Pike - "Garota exemplar"
Reese Whiterspoon - "Livre"




Melhor atriz coadjuvante
Patricia Arquette - "Boyhood"Emma Stone - "Birdman"
Keira Knightley - "O jogo da imitação"

Laura Dern - "Livre"
Meryl Streep - "Caminhos da floresta"





Melhor filme em língua estrangeira
"Ida" - Polônia
"Leviatã" - Rússia
"Tangerines" - Estônia
"Timbuktu" - Mauritânia
"Relatos selvagens" - Argentina


Melhor documentário
"O sal da terra" (foto)
"CitizenFour"
"Finding Vivian Maier"
"Last days"
"Virunga"



Sal da terra

Melhor documentário em curta-metragem 
"Crisis Hotline: Veterans Press 1"
"Joanna"
"Our curse"
“The reaper (La Parka)"
"White earth"

Melhor animação
"Operação Big Hero" (foto)
"Como treinar o seu dragão 2"
"Os Boxtrolls"
"Song of the sea"
"The Tale of the Princess Kaguya"


Operação Big Hero

Melhor animação em curta-metragem
"The bigger picture"
"The dam keeper"
"Feast"
"Me and my moulton"
"A single life"

Melhor curta-metragem em 'live-action'
"Aya"
"Boogaloo and Graham"
"Butter lamp (La lampe au beurre de Yak)"
"Parvaneh"
"The phone call"
Melhor roteiro original
Alejandro G. Iñárritu, Nicolás Giacobone, Alexander Dinelaris Jr. e Armando Bo - "Birdman"
Richard Linklater - "Boyhood" (foto)
E. Max Frye e Dan Futterman - "Foxcatcher"
Wes Anderson e Hugo Guinness - "O grande hotel Budapeste"
Dan Gilroy - "O abutre"


Boyhood: Da infância à juventude

Melhor roteiro adaptado
Jason Hall - "Sniper americano"
Graham Moore - "O jogo da imitação"
Paul Thomas Anderson - "Vício inerente"
Anthony McCarten - "A teoria de tudo"
Damien Chazelle - "Whiplash"
Melhor fotografia
Emmanuel Lubezki -"Birdman"
Robert Yeoman - "O grande hotel Budapeste" (foto)
Lukasz Zal e Ryszard Lenczewski - "Ida"
Dick Pope - "Sr. Turner"
Roger Deakins - "Invencível"


O grande hotel Budapeste

Melhor edição
Joel Cox e Gary D. Roach - "Sniper americano"
Sandra Adair - "Boyhood"
Barney Pilling - "O grande hotel Budapeste"
William Goldenberg - "O jogo da imitação"
Tom Cross - "Whiplash"
Melhor design de produção
"O grande hotel Budapeste"
"O jogo da imitação"
"Interestelar"
"Caminhos da floresta"
"Sr. Turner"

Melhores efeitos visuais
Dan DeLeeuw, Russell Earl, Bryan Grill e Dan Sudick - "Capitão América 2: O soldado invernal")
Joe Letteri, Dan Lemmon, Daniel Barrett e Erik Winquist - "Planeta dos macacos: O confronto"
Stephane Ceretti, Nicolas Aithadi, Jonathan Fawkner e Paul Corbould - "Guardiões da Galáxia"
Paul Franklin, Andrew Lockley, Ian Hunter e Scott Fisher - "Interestelar" (foto)
Richard Stammers, Lou Pecora, Tim Crosbie e Cameron Waldbauer - "X-Men: Dias de um futuro esquecido"



                                                                         Interestelar


Melhor figurino
Milena Canonero - "O grande hotel Budapeste"
Mark Bridges - "Vício inerente"
Colleen Atwood - "Caminhos da floresta"
Anna B. Sheppard e Jane Clive "Malévola"
Jacqueline Durran - "Sr. Turner"




Melhor maquiagem e cabelo
Bill Corso e Dennis Liddiard - "Foxcatcher"
Frances Hannon e Mark Coulier - "O grande hotel Budapeste"
Elizabeth Yianni-Georgiou e David White - "Guardiões da Galáxia"



Foxcatcher
Melhor trilha sonora
Alexandre Desplat - "O grande hotel Budapeste"
Alexandre Desplat - "O jogo da imitação"
Hans Zimmer - "Interestelar"
Gary Yershon - "Sr. Turner"
Jóhann Jóhannsson - "A teoria de tudo"

Melhor canção
"Everything is awesome", de Shawn Patterson - "Uma aventura Lego"
"Glory", de John Stephens e Lonnie Lynn - "Selma"
"Grateful", de Diane Warren - "Além das luzes"
"I'm not gonna miss you", de Glen Campbell e Julian Raymond - "Glen Campbell…I'll be me"
"Lost Stars", de Gregg Alexander e Danielle Brisebois - "Mesmo se nada der certo"



Adam Levine, intérprete de "Lost Stars", de Mesmo se nada der certo.

Melhor edição de som
Alan Robert Murray e Bub Asman - "Sniper americano"
Martín Hernández e Aaron Glascock - "Birdman"
Brent Burge e Jason Canovas - "O hobbit: A batalha dos cinco exércitos"
Richard King - "Interestelar"
Becky Sullivan e Andrew DeCristofaro - "Invencível"


Melhor mixagem de som
John Reitz, Gregg Rudloff e Walt Martin - "Sniper americano"
Jon Taylor, Frank A. Montaño e Thomas Varga - "Birdman"
Gary A. Rizzo, Gregg Landaker e Mark Weingarten - "Interestelar"
Jon Taylor, Frank A. Montaño e David Lee - "Invencível"
Craig Mann, Ben Wilkins e Thomas Curley - "Whiplash"



quarta-feira, 5 de março de 2014



OSCAR 2014 - OS VENCEDORES



O tapete vermelho de Hollywood foi estendido para mais uma premiação, a 86ª edição do Oscar. Numa cerimônia onde todos os holofotes estão voltados para os artistas que mais brilharam no ano.

E assim sendo, vamos apresentar os prêmios mais importantes dado pela Academia aos grandes vencedores da noite!



MELHOR FILME: 12 ANOS DE ESCRAVIDÃO




    "12 anos de escravidão" foi o grande vencedor da principal categoria do Oscar, Melhor Filme. O longa já havia recebido vários prêmios na categoria e era considerado o favorito. O ator e produtor do filme, Brad Pitt, fez um discurso emocionado ao lado do diretor do filme Steve Mcqueenque ficou, literalmente aos pulos com a premiação. O filme também recebeu os prêmios de Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Atriz Coadjuvante.
    A história é baseada na autobiografia de 1853, de Solomon Northup, um homem negro livre que foi sequestrado em Washington D. C. e vendido como escravo.
   O filme relata o trabalho escravo e as humilhações a que foi submetido nas plantações do estado de Louisiana por 12 anos antes de ser libertado.


MELHOR ATOR: Matthew McConaughey (Clube de Compras Dallas)


excelente atuação de Matthew McConaughey em "Clube de Compras Dallas" lhe rendeu a primeira indicação ao Oscar de sua carreira, assim como ganhou vários prêmios pelo papel, inclusive o Globo de Ouro, também foi ganhador do Oscar de Melhor Ator.
Matthew, mais conhecido por interpretar galãs em várias comédias românticas, se despiu desse esterótipo, encarnou um soropositivo e teve que perder mais de 20 quilos, o que o deixou magérrimo e praticamente irreconhecível. Com isso, ele demonstrou toda sua versatilidade e talento como um ator digno do prêmio.

MELHOR ATRIZ: Cate Blanchett (Blue Jasmine)


A australiana Cate Blanchett foi a grande vencedora como Melhor Atriz. Ela interpretou Jasmine em Blue Jasmine, de Woody Allen. Jasmine é uma mulher rica que perde tudo, após seu marido ser descoberto por vários golpes e fraudes, por consequência vai morar com a irmã em uma humilde casa e ter que se adaptar a nova vida sem luxos. Cate deu um show interpretando uma mulher perturbada, com transtornos e vítima de surtos repentinos, que a tira da própria realidade.

MELHOR ATOR COADJUVANTE: Jared Leto (Clube de Copras Dallas)


O ator e músico Jared Leto, foi indicado e venceu todos os prêmios de críticas de cinema com o papel do transexual soropositivo Rayon, em "Clube de Compras Dallas". Após um período afastado do cinema, para se dedicar a sua banda "30 Seconds to Mars", Jared volta a mostrar seu talento na telona e arrebatou a estatueta por Melhor Ator Coadjuvante. No palco, ele fez um discurso emocionado em que agradeceu em especial a sua mãe e seu irmão.

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE: Lupita Nyong'o (12 Anos de Escravidão)


A nova revelação Lupita Nyong'oganhou o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante. Em "12 anos de escravidão", ela interpreta uma jovem escrava que roubou a cena no longa, em seu primeiro trabalho no cinema, Lupita conquistou Hollywood com seu carisma, estilo e elegância.

MELHOR DIRETOR: Alfonso Cuarón (Gravidade)


O produtor, roteirista e cineasta mexicano Alfonso Cuarón, foi premiado como o Melhor Diretor, por "Gravidade". O filme foi co-escrito, co-produzido, co-editado e dirigido por ele, o longa também foi vencedor de 7 Oscar.

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO: 12 Anos de Escravidão

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL: Ela


Escrito e dirigido por Spike Jonze, o filme conta a história de um homem que desenvolve uma relação com um sistema operacional inteligente de computador, Samantha (voz de Scarlett Johansson), ele acaba se apaixonando pela voz deste programa informático, dando início a uma relação amorosa entre ambos.


MELHOR FILME EM LÍNGUA ESTRANGEIRA: A grande beleza


O drama "A grande beleza", do italiano Paolo Sorrentino, é uma co-produção entre Itália e França e conquistou o Oscar de Melhor filme em língua estrangeira. O longa também venceu o Globo de Ouro.


Os prêmios a seguir são considerados prêmios técnicos ou secundários, porém não menos importantes. "Gravidade" recebeu 10 indicações ao Oscar, venceu 7 delas e foi o grande vencedor da noite. Porém, "Trapaça" concorreu a 10 indicações, mas não levou nenhum prêmio.


MELHOR ANIMAÇÃO: FrozenUma Aventura Congelante




MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL: Steven Price (Gravidade)

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL: Let it Go (Frozen: Uma aventura congelante)

MELHOR EFEITOS VISUAIS: Gravidade



MELHOR MAQUIAGEM: Clube de Compras Dallas



MELHOR FOTOGRAFIA: Gravidade

MELHOR FIGURINO: O Grande Gatsby

MELHOR DESENHO DE PRODUÇÃO: 
O Grande Gatsby




MELHOR DOCUMENTÁRIO: 
A Um Passo do Estrelato

MELHOR DOCUMENTÁRIO DE CURTA-METRAGEM: 
The Lady in Number 6: Music Saved My Life

MELHOR EDIÇÃO/MONTAGEM: Gravidade

MELHOR CURTA-METRAGEM: 
Helium

MELHOR CURTA DE ANIMAÇÃO: 
Mr. Hublot

MELHOR EDIÇÃO DE SOM: Gravidade

MELHOR MIXAGEM SE SOM: Gravidade


Até o Oscar 2015!!!